sábado, 25 de março de 2017

Evolucionismo versus Criacionismo

Evolucionismo versus Criacionismo 
Em 2009 a comunidade científica comemorou o bicentenário do nascimento de Charles Robert Darwin (12/02/1809-19/04/1882), e o sesquicentenário da primeira edição de seu livro A origem das espécies, ocorrida em 24 de novembro de 1859. Por causa dessas efemérides, voltam à baila os debates em torno do criacionismo e do evolucionismo, as duas principais teorias sobre a criação do universo.

O criacionismo, embasado na Gênese bíblica, sustenta que, cerca de quatro mil anos antes da era cristã, Deus criou o mundo em seis dias, na seguinte ordem: a luz (primeiro dia); o firmamento (segundo dia); a terra, as plantas, as ervas e as árvores frutíferas (terceiro dia); o Sol, a Lua e as estrelas (quarto dia); os animais marinhos e as aves (quinto dia); os animais domésticos, os répteis, os animais selvagens, o homem e a mulher (sexto dia). E, havendo Deus terminado a criação, no sétimo dia descansou de sua obra.

Está escrito no Gênesis, primeiro livro do Velho Testamento, que:
·         “(...) Deus criou, segundo as suas espécies, os monstros marinhos e todos os seres vivos que se movem nas águas, e todas as aves aladas, segundo as suas espécies” (1:21)
·         “Deus disse: ‘Que a terra produza seres vivos, segundo as suas espécies, animais domésticos, répteis e animais ferozes, segundo as suas espécies’” (1:24)
·         “Deus, a seguir, disse: ‘Façamos o homem à Nossa semelhança, para que domine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre todos os répteis que rastejam pela terra’ ”(1:26).
Para quem não se lembre, Darwin foi um naturalista inglês que, em meados do século XIX, revolucionou a Biologia, dando consistência científica à tese, em si instigante, de que as diferentes espécies de seres vivos não teriam sido criadas tais como se apresentam atualmente. Elas descenderiam, por processo evolutivo, de espécies que as antecederam. Os trabalhos, os argumentos e as conclusões de Darwin a este respeito constam principalmente do seu livro “A Origem das Espécies Através de Meios Naturais de Seleção ou A Conservação das Raças Favorecidas na Luta pela Vida”, de 1859, ou simplesmente, como ficou mais conhecido, “A Origem das Espécies”.
Charles Darwin ofereceu uma alternativa ao bíblico da criação. Observando plantas e animais numa viagem de cinco anos ao redor do mundo, principalmente no arquipélago de Galápagos, no Equador, ele concluiu que a evolução explica a diversidade dos seres vivos, tendo como base a chamada seleção natural, teoria segundo a qual os integrantes das diferentes espécies competem reciprocamente na luta pela vida, saindo vencedor aquele que apresentar qualquer variação de habilidade mais vantajosa. Em suma, os mais fracos perecem e os mais aptos sobrevivem, legando à sua descendência as variações benéficas. No tocante à origem do homem, os evolucionistas sustentam que a transição entre o reino animal e a espécie humana foi feita através dos primatas e dos homens pré-históricos. Estão de acordo em que o homem e a família dos macacos se separaram a partir de um antepassado comum
A idéia não era original. Lamarck (Jean-Baptiste Pierre Antoine de Monet) havia publicado em 1809 a “A Filosofia Zoológica”, em que “expõe pela primeira vez a teoria da evolução orgânica”. Darwin, porém, aprofundou a questão e, apoiando-se em dados concretos obtidos em pesquisas de campo, afirmou que os mecanismos subjacentes ao evolucionismo orgânico consistiam na seleção natural e na sobrevivência dos mais aptos, do ponto de vista biológico.
Segundo Lamarck, o que explicava a evolução das espécies era a hereditariedade dos caracteres adquiridos, mecanismo não mais aceito pela Ciência. Dizia, por exemplo, que as girafas, de tanto se esforçarem para “colher” as folhas nas grimpas das árvores, acabavam com o pescoço longo, transmitindo essa mudança somática aos descendentes.
Por justiça e como curiosidade histórica, é preciso esclarecer que, simultaneamente a Darwin e de forma independente, outro naturalista inglês, Alfred Russel Wallace, chegava a conclusões semelhantes. Tanto assim que, em 1858, um ano antes da publicação de “A Origem das Espécies”, em reunião da “Linean Society”, foram expostos, em conjunto, um resumo das teorias de Darwin e um ensaio de Russel Wallace sobre evolução das espécies.
As idéias evolucionistas e, particularmente, as teorias de Darwin, abordadas em “A Origem das Espécies”, encontraram ferrenha oposição em grande parcela do meio científico, na mídia e sobretudo por parte da Igreja, instituição sempre zelosa na defesa dos seus dogmas e princípios, que vislumbrou, com preocupação, na hipótese evolucionista, um antagonista importante da cosmologia constante das escrituras sagradas.
O Espiritismo é nitidamente evolucionista. Na lúcida visão de Léon Denis, “não sendo a vida mais que uma manifestação do espírito, traduzida pelo movimento, essas duas formas de evolução são paralelas e solidárias. A alma elabora-se no seio dos organismos rudimentares. No animal está apenas em estado embrionário; no homem, adquire o conhecimento, e não mais pode retrogradar. Porém, em todos os graus ela se prepara e conforma o seu invólucro. As formas sucessivas que reveste são a expressão do seu valor próprio. A situação que ocupa na escala dos seres está em relação direta com o seu estado de adiantamento” (Depois da morte). Em outras palavras, “a alma dorme no mineral, sonha no vegetal, agita-se no animal e desperta no homem”.
Caminhando de par com o progresso, o Espiritismo jamais será ultrapassado, porque, se novas descobertas lhe demonstrassem estar em erro acerca de um ponto qualquer, ele se modificaria nesse ponto. Se uma verdade nova se revelar, ele a aceitará. (A Gênese, Cap I, 55). O Espiritismo e a Ciência se completam reciprocamente. Ao Espiritismo, sem a Ciência, faltariam apoio e comprovação.

terça-feira, 21 de março de 2017

Conheça o povo Tuareg!



Não sei minha idade. Nasci no Deserto do Saara, sem documentos. Nós, os tuaregs, somos chamados de homens azuis, tuaregs significa “abandonados”, porque somos um velho povo nômade do deserto.

O que mais o chocou em sua primeira viagem à Europa?
Ver as pessoas correndo pelo aeroporto. No Íbis Hotel, vi a primeira torneira da minha vida, vi a água correndo e senti vontade de chorar…





domingo, 19 de março de 2017

Superação: vendedor de cremosinho passa na Federal para Medicina

O jovem Cleyton Domingos dos Santos Campos de apenas 18 anos, de família humilde é um dos aprovados e convocados para ingressar no curso de medicina no Campus da UFMA (Universidade Federal do Maranhão) na cidade de Pinheiro (MA).
Cleyton é filho de pais separados sua mãe é vendedora ambulante de roupas seu padastro é fotografo e vive de “bicos” para aumentar a renda da família. Clayton filho exemplar ajuda a família como vendedor de cremosinho nas ruas da cidade.
O jovem que ainda cursa o 3º ano do ensino médio em uma escola Publica Estadual “Escola Dom Francisco” no município de São Bento foi aprovado para cursar medicina pela universidade mais conceituada do Estado a UFMA um sonho de milhares e uma conquista de poucos.
 Cleyton é hoje o orgulho da população de São Bento e da região da Baixada Maranhense, pois foi o único aprovado entre os 40 alunos que irão iniciar o curso de medicina em Pinheiro da região.
Festejado pela família, pelos colegas de escola, pelos professores, diretores, cleyton disse que está feliz, e não deixa de agradecer seus educadores.
Ele diz que sempre gostou de estudar, mesmo quando morava no interior do município de São Bento, sempre gostou de ler e de ver os livros. Cleyton Campos confirmou que sempre desejou ser médico e poder estudar perto da sua família e da sua casa é muito melhor ainda. Completou.





quinta-feira, 16 de março de 2017

O fascismo mascarado nas redes sociais; Revoltados On Line e o uso permissivo para arrecadar votos

Lembra-se da foto da fazenda do filho do Lula? Da montagem do José Dirceu mais magro sobre uma Halley Davidson? Do dossiê do Pentágono sobre o golpe do Lula para instaurar uma ditadura no Brasil? Da ficha do Dops sobre a Dilma? Da história do sujeito que usava o Bolsa Família para passar o dia bebendo cachaça? Das tartarugas marinhas do Amazonas publicadas no blog do Raul Jungmann? E mais um monte de mensagens com que você continua enchendo minha caixa de correio?

Observe aí quem são alguns dos autores do que você me envia e já que está chegando perto, peço sua permissão para divulgar seu endereço quando se buscar pelos divulgadores.

Desmascarando os “Revoltados On Line”

Recentemente uma página chamada Revoltados On Line publicou uma notícia mentirosa, afirmando que o @DeputadoFederal Paulo Pimenta era o dono da Boate Kiss. Conheça aqui seus reais donos, sócios e administradores.

Revoltados_Online01_Marcello_Reis

Na foto acima pode-se observar o “todo poderoso” Marcello Reiscaracterizado de “Revoltado On Line”, com boné e camiseta, que são vendidos pelo grupo com intuito de arrecadarem dinheiro com a venda de seus artigos personalizados e com as doações pedidas através de depósitos em contas bancárias.
Dono fundador e administrador
Marcello Cristiano Reis, paulista, mora em São Paulo e é fundador do Revoltados On Line e do Partido Revoltados On Line.

Revoltados_Online02_Ricardo_Gama

Sócio e administrador
Ricardo Gama, advogado e blogueiro, é natural do Rio de Janeiro e mora em Copacabana, tornou-se sócio da comunidade Revoltados On Line para ter participação com lucro arrecadado e sobretudo para fazer divulgação para o seu blog pessoal, que também pede doações. Mas o objetivo principal em sua sociedade com Marcello Reis no Revoltados On Line era usar os mais de 30 mil membros na época das eleições de 2012 para pedir votos para ele mesmo (Ricardo Gama) para se eleger vereador do Rio de Janeiro (clique aqui). Clique aqui e aqui os perfis do Ricardo Gama no Facebook.

Revoltados_Online03_Ricardo_Gama.

Ricardo Gama já foi processado pelo deputado estadual André Lazaroni do PMDB/RJ por afirmar neste vídeo que o deputado tem envolvimento com tráfico de drogas na Favela da Rocinha e perdeu o processo e foi condenado a pagar cerca de R$10 mil para o deputado Lazaroni.
Ricardo Gama também foi processado pela deputada estadual do PDT/RJ Cidinha Campos por tê-la chamado de “vagabunda” e incitado a todos que fizessem vídeos e a ofendessem na internet, sobretudo no Twitter e YouTube. E também foi condenado a pagar cerca de R$22 mil para a deputada e ainda condenado a prestar alguns meses de serviços administrativos no 19º Batalhão de Polícia Militar em Copacabana (RJ). Isto sem contar o processo movido pelo delegado da Polícia Federal do Rio de Janeiro, que apurou o caso do processo movido pelo Lazaroni contra Gama por ele ter gravado o depoimento e distorcido as palavras do delegado com vídeos na internet. É só buscarem no Google. Quando Gama viu que seria processado pela quarta vez e desta vez pelo deputado Paulo Pimenta, pulou fora dos Revoltados On Line aos 45 do segundo tempo. Mas ninguém aqui é bobo. 
Fonte: Blog AC2B


sábado, 11 de março de 2017

Primeiro-ministro sueco desmente acusação contra Lula


Do Cafezinho – Os savonarolas tupiniquins terão um pouco de dificuldade para convencer estrangeiros a participar da suruba nacional, que inclui, evidentemente, brincar de caça a Lula.    
Por Wellington Calasans, Colunista do Cafezinho, na Suécia
     O ex-presidente do Brasil Lula da Silva quer que o primeiro-ministro sueco Stefan Löfven (Social Democrata) seja chamado como testemunha no julgamento da Operação Zelotes sobre o assunto dos aviões caça Gripen NG, um negócio de 36 bilhões de dólares entre Brasil e Suécia.
     O Primeiro-ministro concedeu entrevista a um jornal sueco. Afirmou que ainda não foi notificado oficialmente e praticamente antecipou o que irá dizer à justiça brasileira:
     – Não tenho nada a ver com isso, diz ele.
      – É uma declaração falsa, afirma Stefan Löfven.
      – Eu nunca estive reunido em um quarto de hotel com Lula e Dilma, disse o Primeiro-ministro sueco.
       A mesma publicação afirma que é exatamente isso que a defesa de Lula pretende ouvir de Löfven no processo.
      – Queremos que o primeiro-ministro da Suécia deixe claro que Lula da Silva não fez nada de ilegal, diz o advogado de Lula, Cristiano Zanin ao jornal sueco.
     Segundo o procurador da República Frederico Paiva, o caso dos caças suecos foi “tramado” em um quarto de hotel na África do Sul durante o funeral de Nelson Mandela em 2013. Lula da Silva, então, teria encontrado Stefan Löfven e a então presidenta Dilma Rousseff. Lula não era mais o presidente, mas segundo Frederico teria usado a influência política para consolidar o negócio.







quarta-feira, 8 de março de 2017

TJPB torna sem efeito habeas corpus de Rodolpho e juiz já pode pedir prisão

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) tornou sem efeito o habeas corpus que o desembargador Joás de Brito concedeu a Rodolpho Carlos, acusado de atropelar e matar o agente de trânsito Diogo Nascimento durante uma blitz da Lei Seca no bairro do Bessa.
A Câmara Criminal do TJPB decidiu por não reavaliar o habeas corpus e o tornou sem efeito. Assim, o processo vai para o juiz titular do do 1° Tribunal do Júri da Capital, Marcos Williams, que vai decidir sobre o pedido de prisão.
Relembre o caso
Na madrugada do dia 21 d janeiro, Rodolpho Carlos atropelou o agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza. Após sair de um bar e ser parado em uma blitz da operação Lei Seca, testemunhas disseram que o estudante acelerou seu carro, um Porsche avaliado em R$ 500 mil, atropelou a vítima e deixou o local sem prestar socorro. Diogo chegou a ser levado com vida para o Hospital de Trauma de João Pessoa, mas morreu um dia depois.
Nas primeiras horas do dia 21, a juíza plantonista Andréa Arcoverde Cavalcanti Vaz, do 1º Juizado Especial Misto de Mangabeira, decretou um mandado de prisão temporária alegando “medida de extrema relevância para elucidação dos fatos criminosos e apuração de sua participação no crime ora em apuração”.
A magistrada destacou em sua decisão que “o acusado evadiu-se do local do crime sem prestar socorro à vítima, demonstrando a intenção de furtar-se a sua responsabilidade penal pelos fatos praticados”.
Contudo, às 3h do dia 22, o desembargador Joás de Brito Pereira Filho, do Tribunal de Justiça da Paraíba, atendeu a um habeas corpus impetrado pela do advogado de Rodolpho e, antes mesmo de o jovem ser preso, emitiu um salvo-conduto “para que o paciente não venha a ser preso em decorrência da prisão temporária”.
O desembargador alegou em sua decisão “não existir justa causa a justificar o cerceamento do direito de locomoção”, a não ser que “fatos novos” justifiquem a “medida extrema”.
Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva é herdeiro do Grupo São Braz, a maior empresa alimentícia do Estado. A família também é proprietária da Rede Paraíba de Comunicação, afiliada da TV Globo.
O grupo é comandado pelo empresário José Carlos da Silva Júnior, que já foi vice-governador da Paraíba (1983-86) e primeiro suplente de senador pelo PMDB, entre 1995 e 2003, assumindo o cargo em duas ocasiões, por um breve período, em 1996 e 1999.







sábado, 4 de março de 2017

Conheça o sal milagroso que os médicos escondem da população!

Conheça o sal milagroso que os médicos escondem da população! Além de combater mais de 20 doenças não aumenta a pressão
Desde os tempos antigos, ele é um dos alimentos mais valiosos na dieta humana.


Ao contrário de sal refinado, ele é rapidamente metabolizado e não aumenta a concentração de sódio e potássio no sangue e, por isso, não eleva a pressão arterial.
A seguir, saiba como usá-lo e quais são suas propriedades curativas.

Já sabe qual é o melhor sal do mundo?

O sal do Himalaia é o mais saudável e mais puro sal do mundo.

SAL MILAGROSO SAIBAJA
Veja a composição do sal do Himalaia:
Ele contém 84 preciosos elementos que são encontrados em nosso corpo, fornecendo, assim, todos os minerais necessários e essenciais.


Os minerais encontrados no sal do Himalaia são de ótima assimilação pelo nosso organismo.

Sua estrutura molecular contém sódio, cálcio, magnésio, e ferro, são necessários para o metabolismo celular correto.

E ele tem mais de 250 milhões de anos.

Originado das cavernas do Himalaia, de onde as pessoas ainda hoje o extraem manualmente. Ele é seco naturalmente no sol e, depois da secagem, é embalado em sacos especiais, para manter a sua pureza.

O sal do Himalaia é utilizado em quantidades bem pequenas, porque tem um sabor bastante intenso e, assim sendo, sua dose de consumo diário é menor.

Sal do Himalaia como medicamento

Historicamente, o sal do Himalaia sempre foi considerado extremamente valioso.
Ele era usado pela aristocracia desde os tempos antigos e era chamado de “ouro branco”.

Aqui estão algumas das suas vantagens para a saúde: 
– É facilmente absorvido e evita a desidratação do organismo. 
– Regula o nível da água e eletrólitos do corpo. 
– Regula o nível de açúcar no sangue e previne o desenvolvimento de diabetes. 
– Ajuda a regular o metabolismo e os processos digestivos. 
– Equilibra o pH das células. 
– Previne o envelhecimento do organismo. 
– Apoia a saúde do trato respiratório, especialmente os seios paranasais. 
– Ele ajuda a fortalecer os ossos, especialmente os das crianças em crescimento. 
– Regenera as células do cérebro e ajuda a melhorar a 
concentração e o sono saudável. 
– Previne cãibras musculares. 
– Melhora a circulação sanguínea e contribui para a saúde do sistema vascular. 
– Ele contribui para a desintoxicação e purificação do sangue. 
– Ele melhora o funcionamento do fígado e dos rins. 
– Ele também pode ser usado para inalação no caso de problemas de sinusite, dor de garganta, asma ou bronquite.

– Contribui para a melhoria de todo o nível de energia do corpo.

Usado sem excessos, não há nenhum efeito negativo – ele não prejudica nem os rins nem o estômago e rins.

E o sabor dos alimentos é mais natural quando se utiliza o sal do Himalaia.

Sal do Himalaia para a acne

Para a acne, problemas de pele e erupções cutâneas, o sal do Himalaia é excelente. 
Recomenda-se que na parte da manhã você faça uma solução de 3 litros de água e 100 gramas de sal do Himalaia.

A solução deve ser aquecida e será usada na pele durante o dia: basta lavar o rosto com ela, esperar 5 minutos e depois enxaguar.

Mas, antes de iniciar qualquer tratamento, deve-se esfoliar a pele.

O peeling é feito esfregando a pele com sal do Himalaia misturado com óleos essenciais de sua escolha (exceto os óleos cítricos, como limão e laranja).

Com movimentos suaves e circulares, esfregue-o na pele, a fim de alcançar o melhor efeito. 
Com isso, haverá a dilatação dos dos poros, o que permitirá uma maior absorção dos minerais do sal dos Himalaias.

O resultado, após o tratamento, será uma uma pele suave e macia e alimentada de minerais.

O procedimento de esfoliação deve ser feito uma ou duas vezes por semana, mas você deve lavar o rosto com a solução de água e sal do Himalaia todos os dias.

Sal do Himalaia contra rinite e sinusite

Para preparar esta solução, você precisa de meio litro de água e uma colher (chá) de sal do Himalaia.

Misture bem os ingredientes.

Quando os cristais de sal começarem a se acumular na parte inferior do recipiente e não se dissolverem, a solução está pronta psara ser usada.

Aplique um pouco em cada narina (pode ser com uma seringa) e logo você estará respirando melhor.

Outros usos do sal do Himalaia

-Para infecção no ouvido, você pode usar a solução de sal do Himalaia e água ensinada logo acima (uma gota).

-Para náusea causada por viagens, coloque um pano cheio com sal do Himalaia ao redor de seu pescoço.

-Para problemas com fungo em seus pés, mergulhe os pés em uma solução salina.

-Para dor de garganta, gargareje com sal do Himalaia e água, mas não engula.

Com todos esses usos e benefícios você deve estar se perguntando: É caro o sal do Himalaia?

Não é, pois ele é mais concentrado e não deve ser usado em grande quantidade.

Além disso, os benefícios dele fazem o investimento valer a pena.

Você pode comprá-lo em lojas de produtos naturais e até mesmo em supermercados.

ATENÇÃO: E quem é hipertenso? Como dissemos no início, ele não aumenta a pressão (consumido de forma moderada, claro).


Mas consulte o seu médico sobre o assunto e só inicie o consumo de sal do Himalaia depois da autorização dele. Fonte: http://www.natureba.info/